Brotos fonte de vitalidade

Sementes germinadas e brotos são opções extremamente nutritivas e naturais para quem deseja uma alimentação rica em vitaminas e micronutrientes. Um punhado de brotos contém centenas de sementes germinadas e representa o equivalente a 100 hortaliças crescidas em uma única refeição. Uma semente armazenada nos sacos do supermercado está afastada da natureza e, por isso, perde todo o seu potencial nutritivo e energético. Assim que ela é colocada na água, renasce e tem todas as suas informações reativadas.

Trigo, lentilha, arroz integral, grão de bico, gergelim, linhaça, girassol, feno-grego, nabo, repolho, brócolis, rabanete são algumas das muitas opções que farão toda a diferença no seu paladar e na sua saúde. Sem falar que elas retardam o envelhecimento. Isso não acontece por acaso, já que no processo de desenvolvimento dos brotos, acontece um significativo aumento da concentração de DNA, molécula portadora de informações vivas que o organismo utiliza como matriz para reproduzir novas células.

Então é só se deliciar e colher os benefícios para a sua saúde! Lembrando que brotos de todos os tipos devem ser consumidos frescos e crus. Isso porque as sementes, que dão vida aos brotos, são ricas em fibras e, após germinarem, apresentam concentrações até 15 vezes maiores de enzimas, ajudando no funcionamento do intestino.

Cultive e germine seus brotos em casa

Coloque 3 colheres de sopa de um tipo de grão em um vidro e cubra com água limpa. Depois, tampo com um pedaço de filó ou gaze.

Deixe de molho durante uma noite

Despeje a água e enxague sob a torneira.

Coloque o vidro de boca para baixo para escorrer, na sombra.

Lave os grãos 3 vezes ao dia.

As sementes começam a germinação cerca de 3 dias depois de iniciado o processo.

Consuma assim que o broto aparecer – a casca se rompe e ele surge, muito tenro.

Categorias: Artigos e Artigos-Home.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>